• Cristiana Fernandes

As pedras e seus significados: como escolher um cristal?

Como parte da nossa missão, temos o compromisso em contribuir com a sustentabilidade, sobretudo das famílias que estão junto conosco. O empreendedorismo feminino é uma regra da Átame! Além disso, somos muito suspeitas por tanto admirar as mulheres que são nossas parceiras. Somos apaixonadas por suas peças e sua criatividade! Elas são experts no que fazem e realizam suas atividades com muita responsabilidade!


Para este post convidamos a nossa parceira Fernanda Ventura, designer de joias, para escrever sobre o significado das pedras, atendendo ao pedido de nossos clientes. Fonte de energia vital, as pedras carregam consigo potenciais de equilíbrio que podem (e muito) ajudar o nosso dia a dia. Boa leitura!


Além da beleza natural incomparável, os cristais são fontes inesgotáveis de energia, vibrações, e são usados há séculos como ferramentas de cura e expansão de consciência.


Eles são poderosos aliados no nosso dia a dia, podendo ajudar a manter os ambientes energizados e também podendo ser carregados como amuletos para nos conectarmos com sua energia sempre que preciso. Como escolher um cristal? Muitos perguntam primeiro o que aquela pedra significa antes de comprar, mas eu gosto muito de seguir a intuição, "os cristais nos chamam". Trabalho há 6 anos com os cristais mas para uso pessoal eu escolho todos pela intuição. Sabe quando você sente que algo te chama? Assim que me sinto a cada vez que preciso comprar pedras... podem ter sempre os mesmos cristais, mas a cada vez eu vejo um “novo” que me chama atenção e quando pesquiso sobre ele, é sempre o que eu preciso no momento. Na hora de criar e produzir as bijus não é diferente, escolho um a um com muito amor.


Cada pedra possui uma frequência e propriedades específica, mas podemos separá-los por grupos de cor que tendem a manter a mesma vibração energética e ressoam com propriedades em comum.


Brancos e translúcidos: trazem paz, tranquilidade, pureza, iluminação e atraem novos começos. São eles: quartzo branco, calcita, topázio branco e howlita.


Pretos: trazem segurança, proteção, transformação, liberação de bloqueios e energias negativas: hematita, turmalina negra, ônix, obsidiana, quartzo fumê, cianita preta.


Violetas: inspiração, intuição, transmutação, conexão espiritual, confiança no que o coração quer nos dizer. são eles: ametista, alexandrita e anidrita.


Azul índigo: experiência, prestígio, calma para mente, limpeza espiritual, fé, conexão com animais: sodalita, tanzanita, safira, lapis lazuli.


Azul celeste: confiança em si próprio, ordem para o dia a dia, sinceridade e autoconfiança. São eles: azurita, calcita azul, turquesa, amazonita, água marinha, turmalina azul, apatita


Verdes: cura, nutrição do corpo e da alma, produtividade, saúde. São eles: quartzo verde, fuschita, esmeralda, malaquita e turmalina verde.


Rosa: amor próprio, amor incondicional, sensualidade, conexão pessoal, auto aceitação. São eles: quartzo rosa, turmalina rosa, rodonita


Amarelos: iluminação, otimismo, conexão com a realidade, auto expressão, atitudes positivas: citrino, topázio imperial, calcita amarela, pirita.


Laranja: alegria de viver, prazer, sexualidade, eleva as emoções, melhora a auto estima, traz confiança e criatividade são eles: calcita laranja, âmbar, olho de tigre e topázio laranja.


Vermelhos: energia da ação, convicção, entusiasmo, coragem, poder, paixão, energia física jaspe vermelho, granada, rubi e hematita.


Ao escolher um cristal, conecte-se com ele. deixe-o por alguns minutos sob a luz da lua e depois segure-o entre as mãos e peça para que ele exerça sua função e traga todas as suas propriedades a seu favor. Pronto, assim ele estará energizado e conectado com você. Sempre que sentir, refaça esse ritual. Não existem regras nem padrões no mundo dos cristais, apenas sinta e tenha boas intenções! vale também criar seu próprio ritual.


Fernanda Ventura


86 visualizações

24998668524

©2020 by Átame.