• voudeatame

Setembro amarelo. A arte pode salvar. ūüĆĽ



Há ainda quem diga no Brasil que o grafitti é uma manifestação de rebeldia ou de vandalismo. Na realidade, muito se confunde a arte com a pixação. Independente do que se ache, há de se considerar que qualquer manifestação artística e cultural faz parte dos princípios da liberdade de expressão e deve ser respeitada.


Esse tipo de coment√°rio entre as pessoas √© uma quest√£o que aparece em pouqu√≠ssimos pa√≠ses al√©m do Brasil. Em na√ß√Ķes mais desenvolvidas, mesmo sendo uma manifesta√ß√£o contracultural, a arte √© bastante valorizada, chegando at√© a ser preservada pela sociedade.


A quest√£o aqui abordada levanta a estat√≠stica encontrada nos canais digitais sobre a quantidade de jovens, principalmente na periferia, que envolvem-se em delitos ligados ao tr√°fico por falta de perspectiva. Muitos deles encontram o v√≠cio muito cedo ao passo que a sobrevida tamb√©m √© muito curta. Isso ainda se agrava em jovens negros, que lideram os dados de morte e agress√Ķes. Entre as mulheres, al√©m da exposi√ß√£o √† viol√™ncia urbana, ainda fazem parte do record de feminic√≠dio ocasionado pela viol√™ncia dom√©stica. Por√©m, h√° relatos em v√°rias localidades em que h√° investimento em cultura e educa√ß√£o da diminui√ß√£o desses epis√≥dios.


H√° ainda uma grande quantidade de adolescentes adicionando n√ļmeros ao alto √≠ndice de depress√£o, levando at√© aos casos mais extremos. N√£o podemos negar que a nossa juventude como um todo est√° morrendo e n√£o podemos nos calar diante disso. H√° de se dar voz e acolher essas pessoas. Encoraje-os!


Para n√≥s da √Ātame, a arte urbana tem seu valor m√°ximo e acreditamos que a cultura aliada √† educa√ß√£o salva vidas. Al√©m disso, √© uma √≥tima alternativa de autovaloriza√ß√£o e recupera√ß√£o da autoestima. Neste m√™s de setembro, em ocasi√£o ao Setembro Amarelo, convidamos Jaime Ribeiro, grafiteiro, para uma ode ao poder da arte! Venha conosco, segure nossa m√£o e lembre-se de que voc√™ √© linda e poderosa!


Se a humanidade está doente, o amor é a cura!





4 visualiza√ß√Ķes0 coment√°rio